Salto é uma das 20 cidades escolhidas para Programa Nacional de Educação Infantil

Da Prefeitura de Salto

Salto participa do 1º Seminário do Programa Nacional de Educação Infantil
Secretária Milta, técnicos da SEME e coordenadora do Programa

 

Salto foi o único município da Região Metropolitana de Sorocaba selecionado para participar do Programa.

Integrantes da Secretaria da Educação da Prefeitura da Estância Turística de Salto, dentre elas a secretária municipal Milta Maron, estiveram presentes no 1º Seminário do Programa de Educação Infantil, realizado em São Paulo, entre os dias 18 e 20 de março.
O encontro reuniu profissionais de 20 municípios selecionados no país, e marcou o início dos três anos de formações do Programa, que é uma iniciativa do Investimento Social do Banco Santander, realizado em parceria técnica com o Instituto Avisa Lá e cooperação com o MEC (Ministério da Educação).

O objetivo principal das capacitações, que prosseguirão até o final de 2017 e serão compostas por diversos outros seminários presenciais e reuniões à distância, é qualificar profissionais que trabalham na rede pública, visando melhorar o atendimento oferecido a crianças de 0 a 5 anos, de creches e pré-escolas que possuem o Proinfância(Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil).

Durante a abertura do 1º Seminário, os secretários municipais de Educação assinaram e entregaram um Termo de Compromisso com o Programa, enquanto os organizadores, por sua vez, explicaram detalhes.  A gerente da área de Investimento Social do Santander no Brasil, Emanuelle Amaral, falou a respeito da parceria do banco com o Avisa Lá. “Nossa missão é contribuir para a melhoria da escola pública de Educação Básica, por intermédio de investimentos sociais, ou seja, de repasses voluntários de recursos privados, de forma planejada, monitorada e sistemática, voltados a projetos sociais de interesse público”.Já a coordenadora do Programa, Clélia Cortez, ressaltouque um dos principais diferenciais da iniciativa é a abordagem, e consequentemente a integração, de duas áreas distintas. “Nosso projeto tem como princípio discutir tanto questões de âmbito pedagógico como de saúde, trazendo essa relação do cuidar e educar, e nossas ações já apontam resultados positivos nessas duas áreas”, disse.

Ao final do primeiro dia de encontro, a secretária Milta Maron, também explicou a importância da participação nesse Programa. “Por um lado, a Educação Infantil hoje é entendida como a principal etapa de formação do indivíduo, mas por outro, essa é a etapa onde se tem ainda pouca clareza sobre como trabalhar, já que por muito tempo a Educação Infantil era vista como assistencialismo. Portanto, todo trabalho voltado à formação dos educadores é muito bem-vindo para construirmos uma identidade própria para esse segmento”.

Seleção – Salto foi o único município da Região Metropolitana de Sorocaba selecionado para participar do Programa. A escolha ocorreu pelo fato da cidade atender a todos os requisitos exigidos, tais como contar com uma equipe técnica de formadores na Secretaria de Educação para atendimento à Educação Infantil, oferecer condições tecnológicas adequadas para o trabalho de EAD (Ensino à Distância) e possuir unidades da rede pública municipal com o Proinfância em funcionamento.O processo de seleção foi composto por várias etapas, dentre elas, análises e visitas de representantes do Comitê Técnico do Programa. Os demais municípios participantes são: Região Norte: Araguatins/TO, Guaraí/TO e Abaetetuba/PA; Região Nordeste: Campo Alegre/AL, São Domingos do Maranhão/MA e Imperatriz/MA; Região Sudeste: Guarapari/ES, Brumadinho/MG, Mirassol/SP, Matão/SP,Ourinhos/SP, Itapevi/SP e Guarujá/SP; Região Centro-Oeste: Sinop/MT; Região Sul: Fazenda Rio Grande/PR, Gramado/RS, Venâncio Aires/RS, Esteio/RS e Uruguaiana/RS.

Crédito fotos: KR Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *