A melhora do Rio Jundiaí

Saltenses, como eu, devem estar bastante entusiasmados com a notícia de que o Rio Jundiaí está em franca despoluição, podendo inclusive ter suas águas, em um futuro não muito distante, novamente sendo utilizadas para consumo.

Em evento realizado na cidade de Jundiaí, representantes da CETESB não só parabenizaram todas as cidades como deram a elas essa grande esperança.

Da parte de Salto, os investimentos realizados neste ano pelo SAAE Ambiental, eliminarão de vez a descarga de esgoto nesse importante rio, o que consolidará ainda mais sua recuperação. Com duas importantes obras – coletor tronco do Santa Cruz e a estação elevatória do Jd. das Nações – fazemos nossa lição de casa referente ao rio Jundiaí, na esperança de que brevemente possamos coletar sua água para consumo, o que daria tranquilidade ainda maior para as futuras gerações de saltenses no que diz respeito à captação de água.

O rio Jundiaí, assim como o Tietê, tem um rico passado em nossa cidade. Lembro-me perfeitamente que quando criança, diante das dificuldades financeiras que meus pais passavam, Pedro Caveden (meu pai) saia aos domingos para “mariscar”. E voltava para casa com muitos peixes, que seriam a “mistura” da casa por vários dias. Esses peixes vinham do Tietê e do Jundiaí. E muitos saltenses assim sobreviveram por anos a fio. Saltenses desconhecidos, que não estão nas páginas dos livros de nossa história, mas que construíram essa cidade pelo seu trabalho. E tiveram o retorno dela com a garantia do sustento de suas famílias a partir dos peixes de nossos rios. Quem sabe um dia algum historiador escreva sobre essas famílias!

Mas voltando a atualidade, será um grande avanço para nossa cidade a possibilidade de captação de água do rio Jundiaí para consumo humano. Hoje, em termos de captação, já temos uma segurança interessante. Com o acréscimo das águas do rio Jundiaí, essa segurança aumentará ainda mais, exigindo investimentos no tratamento, armazenamento e distribuição, que são os grandes desafios enfrentados hoje pelo SAAE Ambiental – que vem respondendo muito bem a partir das obras estruturantes que observamos na cidade.

Parabéns a todas e todos que trabalharam para que pudéssemos ter essa boa notícia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *