Homenagem merecida

Há algum tempo longe deste espaço por conta da intensificação da campanha eleitoral, volto hoje para registrar um momento impar em minha história e de nossa cidade.

No último dia 06 de setembro, ISMENIA ROGICH foi homenageada no CEC – Centro de Educação e Cultura – pelos seus anos dedicados à dança, seja aqui, seja em São Paulo, seja no Brasil. A homenagem foi prestada pela Curadoria do Salto Fest Dance, que acontece em nossa cidade até a noite de hoje. Sob o título AMIGOS DA CULTURA, a honraria entregue destaca os “…anos de dedicação em pról da dança na Estância Turística de Salto”. Vale lembrar que neste ano Ismenia completou 50 anos de palco e de dedicação a essa maravilhosa expressão cultural e artística.

Apesar de não reconhecida pelas instâncias oficiais de nosso município, que simplesmente “dispensaram” sua valiosa contribuição à formação de bailarinos e bailarinas de nossa cidade, o fato do reconhecimento por uma entidade não governamental e ligada à dança, corrige um erro crasso de nossa história recente no campo da cultura.  Capitaneado por um pseudo intelectual, a cultura oficial (a da prefeitura) não só fez poucas e boas dos grandes nomes de nossa cidade, como isolou qualquer continuidade dos projetos por eles iniciados. No caso específico de Ismenia, o pouco caso e abandono dispensados ao Ponto de Cultura Caminhos da Dança não é um desrespeito somente a ela, mas a todos e todas que tinham no projeto uma possibilidade de crescimento. O atual estágio por que passa o Balé Cidade de Salto é outro exemplo do que uma “ira pessoal” pode fazer com projetos públicos de uma cidade.

Mas tudo isso será passado brevemente. Quero aqui registrar esse momento e aproveitar para agradecer em nome de Ismenia e todos os fazedores de cultura de nossa cidade, a lembrança de seu trabalho pelo SALTO FEST DANCE. Em destaque uma cópia do lindo quadro por ela recebido.

Se você gostou desse conteúdo, considere deixar um comentário ou assine o FEED e receba as atualizações de Wilson Roberto Caveden diretamente em seu leitor de RSS.

7 comentários sobre “Homenagem merecida”

  1. Parabébs Ismenia!! Seu trabalho, profissionalismo e dedicação brevemente serão reconhecidos cada dia mais, por mérito! A final, dança é inclusão social!

  2. Olá caro amigo.
    Muito apropriado seu comentário acerca da oficialização da cultura, bem como sobre os critérios duvidosos que levam à valorização de umas em detrimento de outras atividades culturais. Infelizmente a nossa miopia política permite a alguns se apropriarem do direto de julgarem ao seu bel prazer e/ou interesse, aquilo que será alçado à condição de espetacular,não levando-se em consideração, nesse caso, o coteúdo ou a ausência deste. Ainda bem que temos pessoas como a Ismenia que tão brilhantemente tem militado na nossa cultura. Em ocasiões assim eu gosto de me lembrar do filósofo Aristóteles, quando ele afirma que “a grandeza não consiste em receber as honrarias, mas em merecê-las”. Quando se recebe e se é mercedor, como no caso da Ismenia, creio que seja o caso de se sentir duplamente grande.
    Um abraço

  3. olha só, que sintomia, esse final de semana assisti um vídeo que me fez lembrar a Ismenia… na sua dedicação e talento notório. Tenho refletido muito sobre a responsabilidade da escola em abrir portas para os talentos de forma integral… respeitando os diversos saberes de forma justa e coerente. Qdo puderem, assistam ao vídeo, que ofereço ao casal com carinho e admiração: http://www.youtube.com/​watch?v=aQym7WkF5ks

    Parabéns Ismenia!!!

  4. Caro Wilson,

    Repasse – mais uma vez! – nossos parabéns para a amiga Ismenia. Homenagem mais do que justa.
    E, em nome do Ponto de Cultura – Espaço Cultural Barros Junior, externo nosso reconhecimento e gratidão à dedicação integral à arte, à dança, desta experiente e competente profissional que tem nos concedido o prazer, o privilégio de trabalharmos juntos.

    Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *